Estrutura

  1. O PIUDSS organiza-se pelo sistema de créditos ECTS e estrutura-se em 6 semestres (180 ECTS), enquadrando, em conformidade com a legislação em vigor, duas componentes:
    1. um Curso de Doutoramento, constituído por um conjunto de unidades curriculares, estruturadas e articuladas, de análise teórica aprofundada e de metodologia de investigação científica, com a duração de 2 semestres e uma carga de trabalho do estudante de 60 ECTS;
    2. uma Tese de Doutoramento, correspondente a 120 ECTS (repartidos pela Tese, 93 ECTS, por Seminários de Tese, com 24 ECTS, e por Atividades Academicamente Programadas, com 3 ECTS) e submetida a discussão pública perante um júri constituído para o efeito.
  2. As atividades académicas programadas reger-se-ão pelas disposições do Regulamento do PIUDSS, contemplando designadamente artigos publicados em revistas internacionais com arbitragem; artigos publicados em revistas nacionais com arbitragem; comunicações em eventos científicos com arbitragem ou outras actividades aprovadas pela Comissão Científica e Coordenadora do programa sobre proposta fundamentada do orientador.
  3. Salvo nos casos de prorrogação e suspensão de prazos, previstas no Regulamento do PIUDSS, a duração total do ciclo de estudos não deverá ultrapassar seis semestres letivos (3 anos escolares).
  4. A aprovação no Curso de Doutoramento (1º ano) pressupõe a obtenção de 60 ECTS. A classificação a atribuir é expressa no intervalo de 10 a 20 valores, na escala numérica de 0 a 20. Pela conclusão do Curso de Doutoramento será atribuído um Diploma de Estudos Avançados no domínio científico do Curso.
  5. A inscrição na Tese de Doutoramento pressupõe, como requisito obrigatório, a aprovação a todas as unidades curriculares do Curso de Doutoramento e a obtenção de uma classificação mínima quantitativa de 14 valores e qualitativa de Bom, bem como a apresentação e aprovação prévia, perante um júri constituído para o efeito, do Projeto de Tese.
  6. As aulas das unidades curriculares que integram o curso de doutoramento (1.º ano) realizam-se, quer nas instalações da Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa (FCH-UCP), quer nas da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (FPCE-UC), de acordo com programação e horário a anunciar anualmente pela Comissão Científica e Coordenadora, atendendo designadamente à zona de residência ou trabalho dos candidatos ou a preferência justificada pelos estudantes, podendo também realizar-se, eventualmente, atividades pedagógicas e científicas apenas numa das Faculdades, bem como recorrer-se ao sistema de videoconferência ou outras modalidades de ensino à distância.
  7. Os doutorandos beneficiarão de seguro escolar, serviços de apoio e serviços sociais das universidades associadas, incluindo o acesso a alojamento e residências universitárias, de acordo com os regulamentos em vigor nas respetivas unidades de ensino.
  8. A candidatura ao PIUDSS pressupõe o pagamento de uma taxa que não será devolvida aos candidatos não selecionados, bem como taxas e emolumentos devidos pela matrícula e frequência do Programa Interuniversitário de Doutoramento em Serviço Social que serão alvo de acordo entre as duas Universidades associadas. O valor das propinas para o Programa Interuniversitário de Doutoramento em Serviço Social, que se inicia em 2015/2016, correspondente à designada propina FCT, é de 2750 euros por ano.